Sou ansiosa e tenho medo de tudo. A hipnose pode me ajudar?

Atualizado: 11 de Ago de 2020

A hipnoterapia (terapia via hipnose) é uma ferramenta eficaz no controle dos transtornos ansiosos porque a ansiedade é o resultado de um aprendizado inconsciente. Ansiedade é a reação natural do corpo ao stress. É um estado emocional caracterizado por sentimentos de tensão, preocupação e pensamentos ruins.


Nem sempre a ansiedade é uma doença. Em seu estado normal é saudável para o indivíduo, pois ela o impulsiona para realizar projetos, prosperar e planejar o futuro. O que se torna alarmante é o excesso desse sentimento.


A reação de ansiedade/medo faz parte de um sistema de comportamento defensivo construído pela evolução para enfrentar perigos. Os padrões de Luta (stress) ou fuga (medo) produzem respostas que visam aumentar a probabilidade de sobrevivência numa situação avaliada como perigosa ( sua origem foi lá com os primitivos homens das cavernas).


Quando os primitivos se deparavam com um animal perigoso seu cérebro interpretava se ele podia enfrenta-lo, assim, seu corpo então se organizava para luta (stress). Porém, se o animal parecesse muito grande ou perigoso para seus recursos, a resposta neurológica que se organiza era de fuga (medo).



Este padrão de resposta, herdado pela evolução humana reaparece mesmo quando a fonte de perigo é interna, seja uma sensação corporal como na Síndrome do Pânico, uma situação de avaliação social como na Fobia Social ou uma reativação de uma lembrança traumática como no Estresse Pós Traumático. Em todas estas situações há uma hiperativação do circuito do medo que dispara padrões pré-organizados de comportamento na presença de um suposto perigo, mesmo este sendo de origem mental inconsciente, fantasiosa ou traumática. Numa crise de ansiedade o corpo vai esboçar alguma destas respostas frente ao perigo, especialmente uma das destas três: fugir, paralisar ou desfalecer.


Esta variação de respostas explica porque, por exemplo, algumas pessoas reagem numa crise de ansiedade com agitação, outras com paralisia, enquanto outras reagem com uma sensação de amolecimento e sensação de quase desmaio.



A hipnoterapia (terapia via hipnose) é uma ferramenta eficaz no controle dos transtornos ansiosos porque a ansiedade é o resultado de um aprendizado inconsciente. Nós nos condicionamos a reagir a situações estressantes de uma maneira específica. Para aqueles que convivem com a ansiedade, esta resposta aprendida é composta por uma ampla gama de reações, desde pensamentos acelerados até respiração ofegante.


A hipnoterapia permite reformular e liberar essas respostas automáticas, substituí-las por maneiras mais positivas de pensar, e como consequência, reduzir a percepção da ansiedade e estresse significativamente. Através do uso da hipnose, você passa a adquirir um maior autocontrole sobre suas reações a situações estressantes, como na detecção e eliminação de gatilhos (situações que disparam reações específicas). Geralmente nossos sentimentos ansiosos são baseados em pensamentos inconscientes e automáticos, a hipnose capacita as pessoas a examinarem e explorarem esses pensamentos automáticos, buscando suas causas, reconhecendo-os, enfraquecendo-os, removendo-os, substituindo-os ou reprogramando-os de forma a ressignificá-los.


Em outras palavras, a hipnoterapia fornece um método para se chegar até a raiz da ansiedade - o mecanismo automático de defesa - e tratar o medo, o pânico ou o pensamento irracional que alimenta essa mesma ansiedade que no interfere no dia a dia da pessoa e também afeta diretamente o seu comportamento.

Nossa mente é poderosa e complexa. Mas o que geralmente não reconhecemos é que o nosso racional, responsável pelo raciocínio crítico, nem sempre está no controle. Em muitas situações, ele se torna impotente as reações vindas do inconsciente.


A mente inconsciente informa e influencia muitos dos nossos pensamentos. Quando a ansiedade controla nossas vidas, nós experimentamos um estímulo, digamos, uma situação social, que desencadeia uma resposta automática, como medo e pânico, e por fim, a ansiedade. Técnicas terapêuticas tradicionais tendem a fornecer estratégias para o gerenciamento desses pensamentos automáticos negativos.

Podemos aprender a controlar muitos de nossos medos, mas eles ainda se fazem presentes. Sem remover esse medo, a ansiedade sempre permanecerá no seu lugar, ativa. É por isso que vários tratamentos tradicionais falham: o medo e o pânico, as causas da sua ansiedade, ainda estão lá inconscientemente. Mesmo sendo administrado com técnicas, o medo - que é irracional, permanece. Ele ainda é um fardo, e mesmo que se possa gerenciá-lo, pode reaparecer meses ou anos depois.



A Hipnose permite explorar o inconsciente, ou seja, em um estado de hipnose ou hipnotizado, a mente se encontra altamente concentrada e focada, e o corpo profundamente relaxado. Acessamos diretamente nosso inconsciente e assim percebemos nossos pensamentos automáticos. Neste transe, somos capazes de examinar o porquê de um evento ou situação nos gerar ansiedade. Na verdade, a hipnose para ansiedade pode incluir uma variedade de estratégias, como:


  • Pesquisar e identificar emoções: no início de uma sessão de hipnoterapia, você pode ser solicitado a descrever os sentimentos que desencadeiam sua ansiedade - como medo, pânico, humilhação ou vergonha. A partir deste ponto, você pode começar a isolar e identificar os verdadeiros gatilhos.

  • Explorar suas experiências com a ansiedade: enquanto em hipnose, você abre uma linha direta para sua mente inconsciente. As situações e informações que desencadeiam sua ansiedade vivem aqui e estão frequentemente relacionadas com eventos passados. A técnica buscará explorar suas primeiras experiências com ansiedade. Isso ajudará você a chegar ao que realmente está desencadeando o gatilho do medo irracional e alimentando as emoções que experimenta quando em uma situação ansiosa.

  • Oferecer alívio de experiências passadas: nossas mentes são aprendizes rápidos. Pode-se vivenciar apenas uma experiência negativa marcante em sua vida para induzir uma vida inteira de medo (fobia) por exemplo. Em estado de hipnose (hipnotizado), temos a oportunidade real de reformular essa reação negativa, superando assim o problema. Uma estratégia de hipnoterapia seria ajudar esta pessoa a reavaliar sua experiência, resignificar (reinterpretar) as emoções vividas por aquela criança. O seu “eu mais jovem” se sente então livre do peso emocional dessa antiga experiência, o que reduz a dependência do adulto em relação ao evento como um quadro de referência.

Este é o poder natural da hipnose, você pode abrandar e até eliminar completamente suas configurações negativas, reprogramando sua hhmente para responder melhor as situações que outrora eram extremamente estressantes e ansiosas.


Autora: Sandra Moreira


#dicasdaacolher #hipnoseclínica #transtornodeansiedade

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Siga-nos nas Redes Socias:

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

       Acolher Clínica Especializada

       CNPJ: 37642265/0001-01

       Tv. Antônio Pinheiro da Mota, nº 241A         

       Centro, Serrinha - Bahia- Brasil. CEP: 48700-000

       Ao lado do Colégio Comercial de Serrinha.

© 2020 por Acolher Clinica Especializada em Medicina e Saúde.